Olá galera. Estou tão feliz por ter lido um livro que queria há tempos. Sério, se tornou o meu favorito, e espero que com a resenha vocês leiam e gostem dele. É um livro excelente, sem nenhum contra!
Autor: Katja Millay
Editora: Arqueiro (livro cedido pela editora)
Número de páginas: 365
Classificação pessoal: ★★★★★-(Excelente)
Leia...assim que o tiver em mãos
Amei: Tudo

O livro é narrado em duas percepções, intercalando pontos de vistas entre dois personagens: Nastya e Josh.
Nastya Kashnikov, nome de origem russa. Uma menina que aos quinze anos deixa de ser "ela", ou melhor perde sua identidade para o mundo, deixa de falar, e se torna uma menina totalmente fechada e fadada ao destino imprevisível. Quando um terrível episódio estraga sua vida, Nastya, já com 17 anos muda para uma outra cidade com sua tia Margot.
Matricula-se em uma escola diferente, na qual pretende se isolar de tudo e de todos. Ainda não se comunica com ninguém, o que será um grande desafio para conviver nessa nova vida. Mas Nastya não quer que todos se preocupem com ela, pelo contrário, quer ser humilhada e apontada de todas as coisas horríveis, e para ajudar se veste como uma "prostituta gótica",com roupas pretas curtas, salto agulha e maquiagens escuras. Assim, podemos descrever a jovem deprimente Nastya.

No mesmo colégio se encontra Josh, o garoto que aparenta viver em uma cúpula na qual ninguém chega perto. Ele sofreu muito com o luto, logo que muitos parentes próximos o deixaram precocemente. Agora só lhe resta o seu avó, que sai de casa recentemente e está prestes a morrer de Câncer. Assim, Josh vive sozinho em sua casa, e já pode o considerar adulto, já que se emancipou. A única pessoa que chega perto dele é Drew, o garoto popular e idiota, mas com um senso de humor bem alto.
"Eu não seria capaz de fazer o que ele faz, mas não porque isso não tenha certo encanto. Eu mentiria se dissesse que nunca me passou pela cabeça ser assim, mas é responsabilidade demais para mim. Essas garotas têm sentimentos demais, e eu não sou bom em desviar deles." (Página 82, Josh Bennet)
Duas histórias angustiantes que deixa o leitor em busca de respostas, soluções e uma grande vontade de consola-los. Não sei como descrever esse livro, que é maravilhosamente encantador.
Enfim, quando Nastya sente aquela vontade de tirar o peso, a angústia e a tristeza, ela saí de casa para correr. É quando se perde e para em frente a uma casa...a casa de Josh Bennet.

Depois disso, vai todos os dias à casa dele observar seu trabalho com as madeiras, um hobbie que ele curte e se dedica muito. Iniciando se assim uma amizade, não comum e sim única, uma amizade singular e pura diferente de muitas. O leitor é presenteado em uma onda de emoções.
"Naquele momento, eu sei o que ele me deu, e não é uma cadeira. É um convite, uma mensagem de boas-vindas, a confirmação de que sou aceita aqui. Ele não me deu algo para me sentar. Ele me deu um lugar." (Página 145, Nastya)
O livro é bem carregado de eventos "adolescentes", com muitas referências do colégio. Festas são muitas, bebidas e palavrões também. Mas, não tira o ar de romantismo que a autora transmite. Esse livro é um diferente de todos que eu já li, e talvez seja por isso que o tornou meu favorito. É indescritível a forma que o livro nos toca, os personagens são imperfeitos e nos aponta que a vida é cheia de imperfeições e superações. 
Os dois personagens são encantadores e tão realistas, que todos sentiram a vontade de conhecê-los na vida real. A cada página, é possível sentir a ansiedade, a vontade de conhecê-los melhor, eles se combinam e se entendem, e consegue dividir os segredos, mas também os omitir.
O livro que me ganhou pela capa, pela história, pelos personagens, por tudo. Sério, o melhor livro que já li em toda a minha vida, que não se trata de um drama chato e sim de uma história romântica, de tirar boas risadas e às vezes lágrimas. Até os personagens secundários são capazes de nos tocar de uma forma encantadora e cativante.
Se você busca, amor, drama, comédia é nesse livro que você irá encontrar.


8 Comentários

  1. Parece ser um ótimo livro!
    Parabéns pela resenha!
    Beijão

    Blog | FanPage | Instagram | YouTube 

    ResponderExcluir
  2. Hello!
    Nossa, sua resenha me deixou mais do animada, mas mtooo curiosa! Um livro q se torna o preferido de alguém sempre nos motiva a pelo menos conhece-lo!
    Me impressionou com a tristeza dos personagens, realmente a vontade é de consolá-los e de entender tamanha depressão.
    Gostei bastante do modo q descreveu o livro, acho q vou seguir a dica e ler tb... Quem sabe se torna o meu favorito tb ne?
    Amei mesmo a dica, adoro conhecer novos livros.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Motiva sim, concordo com você.
      Sabe Suzzy, seus comentários sempre nos impressionam, são tão confortantes. Amo demais!
      Muito obrigada pelo carinho, espero que consiga ler esse livro pois todos deveriam conhecer essa obra excelente.
      Beijooos

      Excluir
    2. Ai meninas! Obrigada pelo carinho isso sim!
      Adoro qdo vcs responde nossos comentários... Me sinto mais próxima. Bjus

      Excluir
  3. ja´conhecia esse livro mas nao tinha lido nenhuma resenha dele até entao.
    o que eu posso dizer é que eu gostei bastante e fiquei curiosa pra ler.

    ResponderExcluir
  4. Olá
    no tempo de seu lançamento fiquei muito fascinado por tudo nesse livro, mas depois fui perdendo o interesse, parece ser uma história interessante, mas não quero mais compra-lo,
    p.s. só agora que eu vi notar que a capa é feita a parti de uma xícara derramada kkkk
    Bjks

    ResponderExcluir
  5. Parece ser um bom livro.
    Histórias bem interessantes.

    Boutique de Clichês

    ResponderExcluir

Olá gente! Por favor sintam-se a vontade para comentar. O gemices está de portas abertas para críticas construtivas.Caso haja algum comentário fora dos valores morais, iremos excluir de imediato. Deixem o link do blog de vocês que iremos retribuir todos que seguem aqui!
Beijocas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...