Olá gente, estava muito ansiosa para ler o livro do gênero biográfico do físico Stephen Hawking, escrito pela sua ex-esposa Jane. Quando finalmente o livro chegou, pude pegar em minhas mãos, e a quantidade de páginas não fez com que eu me desanimasse (são apenas 448, porém com letras não tão grandes), até mesmo porque é uma vida praticamente e eu não deveria esperar por menos.
Autor: Jane Hawking
Editora: Única (livro cedido pela editora)
Número de páginas: 448
Classificação pessoal: ★★★★-(bom)
Leia... se você gosta de livros biográficos e tem interesse pela física.
Amei: O romance

Mas vamos lá...O livro é narrado em 1°pessoa (por Jane), onde ela conta e relata sua trajetória com Stephen. 

Nos últimos anos do ensino médio, uma menina fora convidada para um desses bailes em Cambridge, e o restante de nós ficou verde de inveja, sorvendo cada detalhe daquela ocasião de gala que mais parecia algo saído dos contos de fadas. Agora, inacreditavelmente, minha vez chegara. Quando Stephen telefonou para confirmar o convite, aceitei com prazer.
pág 27
Um pouco antes do inicio do seu namoro, Stephen é diagnosticado com ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica), o que não impediu que Jane se apaixonasse por ele. Apesar das barreiras que ambos acabam enfrentando Jane mostra a ele que é possível viver mesmo com essa doença, e ter um futuro, mesmo que as expectativas que foram destinado a ele fossem pequenas. Logo mais tarde eles vieram a se casar:



Stephen desde pequeno sempre foi admirado pela física, e sempre gostou de estuda-la, mesmo novo e doente, ele se esforçou e contribuiu nos diversos ramos na física. No livro, vamos acompanhando seu caminho, suas viagens, seus problemas, e embora Stephen parecesse muito novo quando estando com seus amigos mais velhos ele conseguia se mostrar maior, e mostrar que a idade não é nada, mesmo naquela época isso não muito aceito aos olhares dos outros vistos como submissos.
Tive meus momentos de ódio, porém não com os personagens, mas com a vida em si, no livro é mostrado o bulling (o que não era de se esperar) e a falta de ajuda que muitos recusaram a eles, além do comportamento dos pais de Stephen, que quando vocês lerem irão entender.



Jane é um exemplo de mulher, ela mostra a luta e a rotina que é de cuidar de três filhos, de um marido que já está no final das consequências da ELA e de problemas que vão tendo ao longo do caminho.

Jane não é de ferro, e claro que há momentos de tristeza, não por Stephen, mas pela vida que ela está tendo, o mesmo ciclo todos os dias, o que torna cansativo e que acaba cometendo algumas atitudes embora um pouco compreensivas, embora não. 
Muitas pessoas que poderiam muito bem ter olhado cruelmente para Stephen, absorvidas pela esquisitice daquela deficiência - as mesmas pessoas que teriam chamado de aleijado - ficavam visivelmente perplexas com a visão de um pai seriamente portador de necessidades especiais com essas crianças tão belas, cada uma delas um milagre de perfeição lúcida.
pág 191
Você pode acabar se decepcionando com algumas atitudes de Stephen também, mesmo que comigo eu já previa desde o começo, pois eu já tinha uma imagem dele formada em minha mente, e fui concluindo ao longo do livro, porém Stephen também é um pai presente, mesmo que seus estudos possam ter interferido um pouco.


Hoje, ambos estão divorciados, e possui um relacionamento amigável, com três filhos: Robert, Lucy e Timothy. O mais interessante é que quando pensaram que Stephen não teria muito tempo de vida, hoje Stephen prova o contrário.

Mesmo com algumas partes decepcionantes, isso apenas prova que a vida não é um arco íris, com final feliz, onde tudo dá certo.
Quanto a diagramação, a letra não é tão grande, mas eu amei a encadernação, pois mesmo o livro sendo grosso, ele não interferiu na minha leitura. Já o filme ainda não assisti mas estou louca para ver.




5 Comentários

  1. Hello!!
    Eu tb estou muito doida pra ler esse livro, eu ja vi o filme e a Jane é surpreendente viu?!
    Ela foi uma guerreira mesmo, gostei mais dela e da história de vida do casal.
    A vitória que o Stephen teve na vida também e chocante ne?! Só mostra que nunca devemos desistir de nada!!!
    Amei a resenha!

    ResponderExcluir
  2. nao vi o filme nem li o livro, mas pelo que eu ouvi é uma historia bem emocionante,por isso nao vejo a hora de ler.

    ResponderExcluir
  3. Eu já vi o filme e li o livro que ele escreveu quando eu estava no 1º ano do ensino médio. Esse livro ai eu estou doida pra ler também, deve ser muito bom!
    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Estou dooooida para ler esse livro e ver o filme também!!!
    Parece ser muito bom :D

    Boutique de Clichês

    ResponderExcluir
  5. Oiiiê
    sou muito curiosos para ver tanto o filme quanto o livro, parece ser uma história bem legal, essa capa da unica ficou diva, os autores só vi elogios de que eles foram muito bons, espero gostar do livro e do filme
    Bjks

    ResponderExcluir

Olá gente! Por favor sintam-se a vontade para comentar. O gemices está de portas abertas para críticas construtivas.Caso haja algum comentário fora dos valores morais, iremos excluir de imediato. Deixem o link do blog de vocês que iremos retribuir todos que seguem aqui!
Beijocas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...